As quatro Américas reescritas

Prefácio

Com o objetivo de conhecer o que se traduz atualmente daqui no Canadá até a Terra de Fogo lançamos há algum tempo uma proposta de textos a dezenas de tradutores através dos continentes americanos. Uma condição bem « canadense » lhes era imposta: a língua do texto original ou a língua da tradução deveriam ser o francês ou o inglês. O resultado: este número duplo especial de K1N, chamado As Quatro Américas reescritas, que inclui cerca de trinta novelas e poemas com sua tradução ora do português para o inglês, ora do francês para o espanhol, ou ainda do inglês para o francês ou do espanhol para o inglês... ou seja, em todas as combinações possíveis entre estas quatro línguas. 

Gostaríamos de agradecer sincera e calorosamente a todos os tradutores assim como a Nayelli Castro Ramírez, Élise Fournier-Lévêque, Clara Foz, Aline Francoeur, Annick Geoffroy-Skuce, Sébastien Polikar,Raul Ernesto Colon e Alice Tavares Mascarenhas por seu tempo e sua ajuda preciosa na revisão e na preparação deste número. 

Esperamos que este número o fará descobrir novos talentosos tradutores de todas as américas e lhe propomos a leitura (ou a releitura) de autores em uma americanidade bem particular e tão complementar e essencial.

 

Marc Charron e Luise von Flotow

Escola de Tradução e Interpretação

Universidade de Ottawa